Portugal Centro
» Exposições
início
   
Desporto no Centro
distrito

Foto: DR


Inaugurao das exposies O Povo que Somos e Um Ferreiro, na Terra do Ferro

No prximo dia 13 de Junho, Segunda-feira, pelas 18h00, sero inauguradas, na Galeria do Pao da Cultura da Guarda, as exposiese Um Ferreiro, na Terra do Ferro Exposio de Escultura de Fernando Monteiro Fernandes e O Povo que Somos Exposio de Pintura de Sandra Santos.

Fernando Monteiro Fernandes trabalha o ferro com mestria na sua oficina na Vila do Soito, onde nasceu, e apresenta-nos um conjunto de obras escultricas dotadas de imensa originalidade e denotando uma incrvel inspiração, talento e trabalho valoroso. O ofcio de ferreiro, herdou-o dos bisavs, avs, e pais, que produziam utenslios agrcolas, na altura em que havia vrios ferreiros no Soito.

Actualmente o nico. Começou por fazer candeeiros e outros objectos utilitrios, mas depressa surgiu a “sua arte”; peças nicas que surgem da observação do quotidiano e da sua imaginação. Usa desperdcios de ferro e ferramentas j gastas. Inspira-se nos Descobrimentos, Religião, Poesia… Embora o ferro seja o material mais usado, a madeira e o granito são tambm matrias-primas que trabalha.

A pintura de Sandra Santos, segundo Carlos Santos “aludindo a temticas simples, numa pintura pensada e sentida, a artista vai procurando transferir para a tela alguns temas identificativos das razes do povo português; numa abordagem aproximada dos seus quadros deparamo-nos com uma concepção que parece abstracta e geomtrica no traçado, todavia, quando nos afastamos e vislumbramos a obra na sua totalidade, apercebemo-nos que as linhas sbrias e as formas minimalistas desembocam numa profusão de trabalhados intencionais, composições formais que proporcionam diferentes leituras consoante o distanciamento do observador.

Os jogos de luz/sombra criam uma atmosfera alucinante onde coabitam em harmonia figuras humanas e animais, seres vivos e inanimados que encontram paridade e equilbrio em combinações plsticas vestidas de cores vibrantes.

No seu trabalho notria a sua teimosia em querer reinventar o mundo, desconstruindo-o e recriando-o, numa busca incessante pela verdade das formas orquestrada ao sabor de uma expressão plstica que nos transporta para a irrealidade.”

As exposições estarão patentes at dia 27 de Agosto de 2011 e podem ser visitadas de Terça a Sbado, das 14h00 às 20h00.

 


2011-06-13 | Cmara Municipal da Guarda
 
 
Agenda

Não existem eventos!
 
PORTUGAL CENTRO 2006-2017
© Todos os direitos reservados
Powered by Takemedia